Como fazer registro de domínio passo a passo

Como realizar o registro de domínio para seu negócio

23/11/2020

Compartilhe!


O registro de domínio é um passo importante para quem quer começar a investir na presença digital de um negócio. Ou seja, para conseguir sucesso com o seu site, além de um bom conteúdo e design com foco na experiência do usuário, é preciso também ter um bom nome de domínio.Algumas ações fazem a diferença na hora de criar e registrar o endereço de sua página. Essas medidas também são válidas para as empresas que pretendem vender seus produtos e serviços na web.

O registro mal feito do seu site pode causar diversas consequências negativas. Temos dois exemplos:

  • Um nome mal escolhido pode fazer com que os usuários não identifiquem sobre o que o seu conteúdo trata;
  • Uma associação errada do endereço escolhido pode trazer confusão e uma má impressão aos internautas.

Para os problemas que escolhas erradas no domínio podem trazer, apresentamos um guia com sugestões para você criar o endereço perfeito para o site de sua empresa e encontrar os melhores serviços de registro. Confira! 

Regras para um registro de domínio de sucesso

Antes de registrar um domínio, saiba que o conceito ou a marca de sua empresa deve constar em seu endereço. Só assim o público conseguirá identificar perfeitamente a que ou a quem aquela página se refere.

Estas dicas também serão úteis na hora de escolher o endereço do seu site:

  • É bem importante abreviar o seu endereço (URLs curtas são mais fáceis de lembrar);
  • Evite numerações e siglas complicadas;
  • Não insira palavras estrangeiras complexas.

Por exemplo, se uma confeitaria brasileira utiliza o domínio “bakery4all.com.br” para o seu site, há poucas chances de seu público acessá-la. 

Afinal, ela não associou o nome de sua empresa ou de seu conceito de forma adequada. Observe outros equívocos nesse endereço:

  • Utilização de números no lugar de palavras;
  • A URL não possui tamanho adequado;
  • Abuso de palavras estrangeiras que estão bem fora do vocabulário de brasileiros.

Utilize variações ao fazer um registro de domínio

Outra dica legal é utilizar variações para atingir o maior número possível de pessoas. Ou seja, um truque para aquelas marcas e empresas cujos nomes são bem fáceis de errar e o público, geralmente, os escreve errado.

Se uma empresa de advocacia, por exemplo, possui o nome de “Lopez Mendes & Associados”, além do domínio principal, lopezmendesass.com.br, pode registrar diversos endereços, tais como:

  • lopezmendesass.adv.br;
  • lopesmendesass.com.br;
  • lopezmendezass.com.br; 
  • lopesmendezass.com.br.

Dessa forma, esse escritório pode evitar que empresas alheias registrem domínios parecidos somente para roubar o público que destinava acessar o conteúdo de suas páginas.

Em todos os casos, estas são regras válidas e podem fazer do seu domínio uma ferramenta para alcançar o sucesso de seu site.

Leia também: Por que usar vários domínios para o mesmo registro de site?

Registrar domínio “.com”, “.net” ou “.com.br”?

Se você está em dúvida sobre qual categoria utilizar, é preciso identificar o verdadeiro propósito e o público-alvo do seu site.

As categorias “.com”, “.net” ou “.co” são voltadas para empresas que pretendem ter o conteúdo de suas páginas visto tanto por usuários locais quanto de outras partes do mundo. Estas variações são mais genéricas e a maioria dos internautas está acostumada a utilizá-las para visitar endereços internacionais.

Mas se você prefere destinar o seu site para um público mais local, o mais indicado é utilizar a extensão “.br”. Dessa forma, é mais provável que usuários brasileiros frequentem as suas páginas e acessem o seu conteúdo.

Entretanto, nada o impede de utilizar os dois tipos. Se você quiser, é possível registrar um domínio com cada uma das variações e atingir um maior público. 

Leia também: Como escolher as melhores extensões de domínio para o seu site 

Onde fazer o registro de domínio?

Para muitos, encontrar um lugar para registrar o domínio do próprio site é uma grande dúvida.

É possível encontrar operadoras que oferecem, além do registro de domínio,  serviços de hospedagem para você oficializar o endereço de URL de sua página.

Em operadoras internacionais, você só irá  encontrar domínios com finais “.com”, “.net” e “.co”. Mas, se pretende investir em domínios com a extensão “.br”, é possível registrá-lo em servidores nacionais que também oferecem este serviço.

Em todos os servidores é possível, ainda, verificar se o endereço pretendido já foi utilizado e identificar as opções que estão disponíveis para a sua página. 

Dessa forma, fica mais fácil não confundir o seu endereço com outros e você pode escolher melhor o nome que dará ao seu domínio.

O órgão oficial brasileiro para registro de domínio é o Registro.br. Você pode fazer o registro diretamente, ou por meio de provedores, como a Task, que possui uma parceria com essa instituição. 

Após a escolha, você deverá efetuar o seu cadastro (onde fornecerá os seus dados e informações sobre o seu site), oficializar o seu registro e, por último, validar o pagamento. 

Tomar cuidado na hora de registrar o seu domínio é essencial para que você alcance os objetivos do seu site.

Então, pense bem, analise as suas opções e crie as melhores estratégias na hora de escolher o nome do seu site. 

Passo a passo para fazer um registro de domínio “.br”

1) Pesquise o domínio desejado

O primeiro passo é pesquisar se o nome de domínio pretendido está disponível para registro.

Pesquisa para registro de domínio Task

Essa consulta poderá ser realizada no próprio site da Task: http://www.task.com.br/, ou mesmo, pelo site da entidade responsável:  www.registro.br (ambos para domínios nacionais com final .br)

2) Crie uma identificação (ID)

É necessário realizar um cadastro no órgão responsável pela manutenção anual do seu domínio. Esse cadastro pode ser feito pelo provedor de serviços, neste caso, a TASK (sem custo), ou você poderá se cadastrar no site da entidade citada no passo 1. 

Observação: Após escolher o nome de domínio e se cadastrar, você terá sua identificação (ID) e sua senha para acessar o painel de controle e ativar o domínio. 

3) Contrate um provedor

O provedor de acesso irá fornecer os DNS (Domain Name System ou Sistema de Nomes de Domínios) para ativar o seu domínio. Escolha o plano mais adequado para o seu perfil. 

4) Forneça os DNS

Acesse o painel de acesso do Registro.br, utilizando o ID e senha, e forneça os DNS do provedor contratado.

Pronto! Seu domínio está registrado e hospedado em um provedor de serviços de hospedagem de sites. Você já poderá desenvolver o seu site e criar contas de e-mail corporativo utilizando o nome escolhido para o seu negócio. 

IMPORTANTE!

A taxa anual é cobrada pelo órgão responsável pela manutenção do domínio e NÃO pelos provedores de serviços. O valor pago para os provedores é referente ao plano de hospedagem de sites escolhido.

Provedores que possuem contrato com os órgãos, fazem todo o processo de registro para facilitar a vida do cliente. Neste caso, os valores são gerados de forma única: Hospedagem de sites + domínio (anual). 

A Task possui esse contrato e efetua todo o procedimento para os seus clientes, gerando uma cobrança única. 

Você já possui um domínio registrado e um e-mail corporativo em sua empresa?

A Task pode te ajudar a ter um e-mail corporativo hoje mesmo! Acesse: www.task.com.br, verifique a disponibilidade do nome, escolha um plano de hospedagem de sites ou de e-mail e faça seu cadastro. É simples!

Registro de domínio

Leia mais

Qual a diferença entre domínio web e hospedagem de site?

Nic.br lança novas categorias de domínio

Hospedagem segura: como aumentar a segurança do site?

E-mail corporativo: o que é e como funciona?


Compartilhe!


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *